Sergio Dias Baptista - Mind over Matter (A Mente Acima da Matéria) - 1991

sergio dias
Sergio Dias Baptista

A Mente Acima da Matéria
Sergio Dias - Mind over Matter (1991)
escrito por Antonio Celso Barbieri

Este álbum, lançado na Inglaterra em 1991, é um trabalho solo do lendário guitarrista brasileiro, Sergio Dias Baptista, um dos fundadores da banda Mutantes. Trata-se, sem dúvida, de uma destas pérolas pouco conhecidas, onde este músico fantástico mostra todo o seu talento e poder, como força criadora. 

Anos atrás, aqui em Londres, seguindo um habito antigo, revirava um sebo quando deparei-me surpreso com este álbum. Como sou um grande fã dos Mutantes comprei o CD imediatamente e, como geralmente acontecia em São Paulo, sai da loja com um sorriso no rosto.

Quando, já em casa, coloquei a bolachinha para rolar, não me decepcionei. Para quem gostava do álbum Tudo Foi Feito Pelo Sol lançado pelos Mutantes, já na sua fase final, quando era capitaneado por Sergio Dias, ficou claro que as suas preocupações espirituais e sociais continuavam muito vivas e presentes. Logo na primeira música Acts of War (Atos de Guerra) a mensagem pacifista é clara. A surpresa foi notar nesta música que sua voz lembra muito o grande Bruce Springsteen e que, no álbum existe um agradecimento especial para o músico e produtor Phil Manzanera que foi o guitarrista da não menos lendária banda Roxy Music. Phil em 2006 coproduziu juntamente com David Gilmor (Pink Floyd) o seu álbum solo chamado On an Island. Nada como ter a presença de um grande mestre por perto!

Mas, voltando ao Mind over Matter, a qualidade das gravações é muito boa e, se sofre de algum problema, é apenas pelo fato de soar instrumentalmente, tirando a voz e a guitarra, muito clínico, muito limpo. Eu, pelo menos, sujaria um pouco o som da bateria que soa muito computadorizada para meu gosto. A verdade é que, neste álbum, quando Sergio canta e sola sua guitarra, sempre colocando toda a sua emoção, o arranjo até passa para um segundo plano.

Neste álbum Sergio Dias Baptista faz todos os vocais e toca todas as guitarras, baixo, teclados e faz a programação da bateria. Marcio Miranda também toca teclados, faz programação adicional da bateria e toca acordeom. Alaor Neves toca bateria em "Sex",  "Surrender" e "Acts of War". Nailor Azevedo Proveta executa o solo de Sax na música "Surrender" e, Keith Bessey fez adicional programação da bateria.

<span">Sergio dedica a música "Surrender" para seu irmão Arnaldo e, como no tempo dos Mutantes, credita seu irmão CCDB pela montagem da guitarra e parte eletrônica.  A pré-produção do Álbum foi feita na sala de MIDI do Zod Studios no Rio de Janeiro por Sergio Dias e Marcio Miranda e o álbum foi gravado no RAC Studios em São Paulo por Daniel L. Krotoszinski e Maradona. As gravações então, foram levadas para a Inglaterra onde gravações adicionais foram feitas com auxílio do engenheiro Keith Bessey no Gallery Studios em Surrey e depois mixadas por R. G. Jones.

Em Mind over Matter todas as músicas assim com a produção e arranjo são de Sergio Dias.  Este álbum foi lançado na Inglaterra pela gravadora Expression Records em 1991.

Antonio Celso Barbieri

mind over matter sergio ao piano vertical
Sergio Dias Baptista.
mind over matter cover
Capa autografada e com decicatória ao Barbieri.

mind over matter sergio ao piano
Sergio Dias Baptista ao piano.
sergio dando autografoSergio e Barbieri. sergio e barbieriSergio e Barbieri.

Barbieri visita Sergio Dias no camarim em Londres

Alguns meses antes da famosa apresentação da banda Mutantes no Barbican em Londres. Sergio Dias Batista arregimentou uns músicos muito bons em Paris e fêz um show no Clube Guanabara na capital inglesa. Este show foi aparentemente uma sondagem para ver qual seria a receptividade que a banda teria na terra dos Beatles. Surpreendentemente o clube lotou e o povo cantou junto, para um Sergio emocionado, muitos dos clássicos da banda.

Eu tive o privilégio não só de assistir a passagem do som e o show como também, depois do show bater um papinho rápido com Sergio que, apesar de estar exausto, foi muito gentil e ainda arrumou um tempinho para autografar meus CDs. Recordo-me que lhe disse que a banda merecia um lugar maior, com Sergio sugerindo que eu produzisse um show da banda em Londres... Então, não foi nehuma surpresa ver os Mutantes voltando meses depois com força total para o Barbican que é, um grande e prestigioso centro cultural, um tipo de Sesc Pompéia gigantesco. 
sergio dias baptista live
Sergio Dias Baptista ao vivo com os Mutantes em 2012
.

Comments (1)

  1. Helton Oliveira

Sensacional ! Sergio Dias é um Genio, Um dos Melhores Musicos que planeta já viu !

 
There are no comments posted here yet

Leave your comments

Posting comment as a guest.
Attachments (0 / 3)
Share Your Location
Type the text presented in the image below

Comentários

Anderson Freitas posted a comment in Monterey Pop Festival (1967): Contado por quem esteve lá!
Saudações! Eu sempre acesso esse site para ler essa história. Fique muito triste agora. O senhor Stan Delk faleceu em 2016.<br />https://www.findagrave.com/memorial/171638689<br /><br />Descanse em Paz!<br /><br />Barbieri Comenta: Ele foi muito gentil comigo, disponibilizou o seu texto e acreditou nas minhas boas intenções! Quanto a matéria ficou pronta ele ficou muito satisfeito! R. I. P.
Neuza Maria posted a comment in Tony Osanah: Um argentino bem brasileiro
Muito interessante essa matéria sobre o Tony Osanah. Sou amiga pessoal dele há mais de 30 anos e hoje relembrei muitas coisas sobre ele, que já havia me esquecido. Grande talento! Ele está em visita no Brasil, esteve em Peruíbe até o dia 24 de janeiro e deverá retornar para a Alemanha no dia 07 de fevereiro. Pena que não programou nenhuma apresentação por aqui.
Daniel Faria posted a comment in JAJI: Homenagem postuma!
Tive o grande prazer de trabalhar com Jaji na decada de 1990. As festas no apartamento dele eram legendárias. Só fiquei sabendo da morte dele em 2017 e fiquei bem triste. Ele faz falta e será sempre honrado pelo público Metal de São Paulo.
Olá Barbieri! Que legal esse artigo, é sempre maravilhoso poder "beber" de fonte sábia. Neste sábado, 13/01/2018, teremos a chance de conferir o ensaio aberto da Volkana no Espaço Som, em São Paulo. A boa notícia é que, a exemplo do Vodu, que voltou à ativa em 2015, as meninas também decidiram se reunir, esperamos ansiosos que depois desse ensaio aberto role outros shows por ai. Um grande abraço!
Já sofremos muito também tentando fazer festivais. Mas resolvemos nos dedicar ao rock nacional de outras formas. Lançamos nosso primeiro disco https://base.mus.br que é para mostrar nosso amor pelo rock brasileiro.
André Luiz Daemon posted a comment in Luiz Lennon (Beatles Cavern Club)
Olá, boa noite! Alguém poderia me dizer o nome da música de abertura do programa Cavern Club que foi ao ar após o falecimento do saudoso e inesquecível Big Boy.<br />Logo após o seu falecimento, outro locutor entrou em seu lugar, e a abertura do programa era com o ex-Beatle Ringo Starr cantando.<br />Se alguém souber, por favor, me mande por e-mail, procuro essa música há muitos anos e signiifca muito para mim.<br />Valeu, abraços aos Beatlemaníacos que nem eu!!
José Carlos posted a comment in Tony Osanah: Um argentino bem brasileiro
Confirma pra mim, eu ouvi falar que o vocal da música Graffitti do Paris Group e de Tony Osanah, e que na realidade a banda nunca existiu. Foi um jingle produzido exclusivamente para a propaganda da calça Lewis e devido ao sucesso na televisão foi forjada uma banda para gravar um compacto e faturar uma grana em cima. É verdade?<br /><br />Oi José Carlos, sinto muito mas não tenho como confirmar esta história, entretanto, sei que nos anos 60 e 70 várias bandas brasilerias gravaram faixas em inglês usando nomes fictícios. Quer dizer, não será surpresa se for verdade!
Em se tratando de ROCK, é sem dúvida A Melhor Banda de ROCK até hoje.Acho o som deles o máximo. Conheci a pouco tempo (2010) e ouço desde então... Muito feras
jeronimo posted a comment in Delpht - Far Beyond (CDR Demo - 1997)
você podia disponibilizar essa demo para download pois ela não se encontra a venda
Parabéns Barbieri!!! ficou perfeito, muito original e harmônico, com o peso certo. Muito gostoso ouvir seu som.
CK posted a comment in Carioca & Devas
Ei! Obrigado por este artigo, ótima história e histórias.<br /><br />Hey! Thank you for this article, great history and stories. <br /><br />Thanks again!<br /><br />CK
Eu tinha 14 para15 anos em 1966 quando estava com outros amigos mais velhos e todos cabeludos na Av.Sao Luiz quando começaram a jogar pedras e saímos correndo pela. 7 de abril descemos a 24 de maio queriam nos matar uma multidão eu entrei no Mappin até chegar a polícia para nós tirar de lá.
De acordo com um set list desse show que achei na minha coleção, as músicas tocadas foram Maria Angélica, Perfume, British, Variações, Dissipações, Súplicas, Boca e Vade Retro.
Muito legal ver isso. Estive em muitos shows aqui relatados. O festival com o Dorsal, Vulcano em Santos, teve uma cena memorável quando o vocalista do Crânio Metálico, da Bahia, entendeu que as pessoas gritavam "côco metálico" para a banda e nao o nome coorreto. Ele se indignou com a falta de respeito e chamou as pessoas as briga. Muitos se solidarizaram com o vocalista da banda e o aplaudiram, repugnando o preconceito. Me lembro ainda que nesse show jogaram confete na apresentação do Vulcano e depois a serragem. Era tempo de ascenção do Death Metal e que muitos ridicularizavam o Black Metal... Cena triste também... Mas foi uma noite ótima. Vulcano mandou bem e Dorsal fez um show primoroso.
Charles Campos posted a comment in Soul of Honor
https://www.youtube.com/watch?v=Sn2ckIF0Gbk
Charles Campos posted a comment in Soul of Honor
Boas recordações de minha adolescência!!!<br />Assisti a uma apresentação do <br />Bodas de Sangue no Espaço Retrô (Senão estiver enganado)<br /><br />Foi uma baita apresentação!!!
CASSIO VIEIRA posted a comment in Carioca & Devas
Pessoal, alguém saberia me dizer se neste 'Ensaio (1977)' é o Tom (acho que o sobrenome dele é De Maia ou algo assim) que está tocando bateria? Ele morava no meu bairro, e o pai dele era dono da escola em que eu estudava, Colégio 7 de Setembro.
"Suspeitei desde o principio..." (Chapolin Colorado)<br /><br />Muito legal o texto, vivo fazendo coisas no automatico e com o maior temor de ter um colapso mental, e tenho tambem aprendido coisas novas sempre, autodidata por natureza. Agora estou mais tranquilo e posso tranquilizar outras pessoas a minha volta, a solucao e a causa do problema sao simples, (talvez eu tenha que me render aos passinhos de dança do ventre de vez em quando...).<br />Parabens pelo texto
Articles View Hits
2590333

We have 58 guests and no members online