Viper: Uma lenda do Metal Brasileiro!


Escrito por Antonio Celso Barbieri

 

Viper
Uma lenda do Metal Brasileiro!

1985

Um dia em SP, enquanto me dirigia para as Grandes Galerias (hoje mais conhecida como Galeria do Rock) quando passava pelo Largo do Arouche em direção à Praça da República, encontrei-me com um grupo de garotos na faixa dos 13 ou 14 anos, não mais do que isto.


Viper em 1985

“O senhor é o apresentador da Praça do Rock...não é?" Um deles perguntou.

“Sou sim mas, não precisa me chamar de senhor. Meu nome é Celso." Respondi com um sorriso.

“Nós temos uma banda de rock." Falaram em uníssono.

Tive vontade de rir porque eles eram tão novos e falavam com tanta convicção como se já fossem os veteranos do palco. Toda aquela energia merecia respeito:

“Qual é o nome da sua banda?” Perguntei.

“Viper." Responderam com orgulho.

“Quais são as suas influências e qual é o seu repertório?”

“Iron Maiden, Judaz Priest, Saxon. Basicamente Heavy Metal. Tocamos covers de todo este pessoal.” Respondeu um deles.

“Eu não ajudo bandas que só tocam covers. Vocês tem algum material próprio?”

“Nós temos 5 músicas prontas.” Responderam com aquelas caras de quem querem muito tocar.

“Bom, o primeiro show de uma banda comigo é sempre como banda suporte de uma outra. Vocês tem que ter um repertório para aguentar meia hora de show. O cachê é da banda principal. Podem tocar covers mas, o show tem que ser mais voltado às suas próprias composições. Se vocês forem bons ganharão uma data como banda principal. Quem sempre escolhe a banda de abertura sou eu.”

Com expressões sérias eles consentiram com um balanço de cabeça.

“Deixem-me seus telefones de contacto que assim que eu tiver uma data, me comunico com vocês. Nunca ouvi o demo tape da banda. Eu nunca ouvia demo tape de banda nenhuma pois, a qualidade era sempre muito pobre, nunca achei que dava para julgar honestamente uma banda só pelo demo tape e muito menos indo nos ensaios. Para mim o primeiro contato era sempre o mais importante. Tinha que sentir que a moçada realmente tinha o espírito roqueiro. Que realmente acreditavam no próprio trabalho e que eram reais.

Viper não sabia mas já havia passado no teste. Aliás, fiquei curioso para saber como estes garotos se portariam no palco. Logo depois deste encontro o Viper abriria, tocado dois dias seguidos, para a banda Platina no Projeto SP Metal de minha responsabilidade e que acontecia todas as segundas e terças-feiras no Teatro Lira Paulistana. Logo depois destes dois primeiros shows o Viper já ganharia a sua data para tocar também por dois dias como banda principal. Abaixo, com exclusividade coloco à disposição do público este primeiro concerto histórico acontecido no Teatro Lira Paulistana em São Paulo. O técnico de som foi Can Robert. O som foi gravado em fita cassete e extraído direto de uma saída mono da mesa de som que seria usada para monitoração de palco.

Viper no Teatro Lira Paulistana em 1985 no seu primeiro show!

Viper ao vivo
no Teatro Lira Paulistana em São Paulo em 1985 

 
Convém notar que, dentro dos meus projetos, normalmente, nenhuma banda envolvida pagava ingresso. Portanto quase a metade do público era formado por músicos. Tocar no Lira para muita banda nova era, mais que tudo, um grande desafio.

Confesso que fiquei emocionado quando, preparando este material, depois de tantos anos escutei a fita novamente. A banda na primeira música, começa tensa e vai ganhando confiança durante o show. Andre Matos já parece que está cantando para um público internacional e o poder e profissionalismo da banda já é evidente neste primeiro concerto.

Viper ao vivo no "Rock na Sé" em 1986. Clique aqui para saber mais sobre o Rock na Sé
 
Nota 1: Na verdade nunca disse não para nenhuma banda. Várias bandas não passaram no meu teste de qualidade. Entretanto, assim mesmo, tocaram nos meus projetos como banda de abertura. Apesar de eu achar que a banda não tinha chance, sempre deixei o julgamento para o público. Normalmente antes dos shows eu sempre alertava a platéia que a banda de abertura também era desconhecida para mim e pedia ao povo que recebesse os músicos com respeito. Algumas bandas nunca chegaram tocar como banda principal.

Nota 2: Um destes garotos era o grande vocalista Andre Matos que, tempos depois deixaria o Viper para formar o internacionalmente famoso Angra e outros grupos de sucesso.

Nota 3: Quando produzi o Projeto Metal, Rock e Cia no Teatro Sesc-Pompéia, no dia do show, no teatro, encontrei-me com o fotógrafo Pedro Henrique pai de Andre Matos que agradeceu-me pela ajuda que estava dando para o Viper e, presenteou-me com uma cópia do seu livro fotográfico baseado em fotos tiradas na cidade de Paratti (clque aqui para ver a capa com dedicatória).


 

viper_living_for_the_night_dvd1


A Banda Viper comemorando 20 anos lançou o DVD chamado Living For The Night cheio de depoimentos sinceros e repleto de videos raros. Este DVD é um documento obrigatório para aqueles roqueiros de verdade que realmente prestigiam o Rock Brasileiro!

Esta oferenda que coloco aqui é apenas uma pequena amostra e, ao mesmo tempo, meu gesto de agradecimento pelo fato dos músicos terem se lembrado da minha contribuição ao começo da banda. Então, não deixem de comprar este DVD pois tem muita coisa interessante!!!

Antonio Celso Barbieri

Viper - Living for the Night

O Viper e o Heavy Metal Brasileiro nasceram juntos. Há 20 anos, a banda ajudou a derrubar o preconceito e a porta de saída dos porões e garagens onde o genero estava confinado. 

Tocaram com os maiores nomes do estilo, como Motorhead, Metallica, Black Sabbath e Kiss, fincaram a bandeira do som pesado brasileiro e três continentes e chegaram a superar bandas no auge da carreira, como o Guns'N'Roses em 1992 na parada japonesa.

Neste DVD você encontra toda a história contada pelos músicos que vestiram a camisa da banda nessas duas décadas - Pit Passarell, Felipe Machado, Yves Passarell, André Matos, Guilherme Martin, Renato Graccia e Val Santos - além de imagens históricas de todo o período, a lendária apresentação no Japão, em 1993, e todos os clipes. Um documento definitivo do metal pesado verde e amarelo. 

Luiz Cesar Pimentel

viper_living_for_the_night_dvd2
 
Uma das maiores lendas do Heavy Metal brasileiro de todos os tempos está de volta com o vocalista original depois de 22 anos.

O VIPER anuncia reunião com o vocalista Andre Matos para celebrar 25 anos do lançamento do disco Soldiers of Sunrise. Pela primeira vez na história, o VIPER tocará os dois primeiros álbuns, Soldiers of Sunrise e Theater of Fate, na íntegra. A banda fará uma série de shows em julho de 2012 - Oportunidade única para os fãs reverem o VIPER tocando ao vivo.Além de Andre Matos nos vocais, a banda contará com a formação clássica de Pit Passarell, Felipe Machado e Guilherme Martin. O consagrado Hugo Mariutti assumirá as guitarras de Yves Passarell, que eventualmente fará participações durante a tour. O repertório terá ainda surpresas especiais para os fãs.A 'To Live Again Tour' já tem a primeira data confirmada, dia 1o. de Julho no Via Marquês em São Paulo. As outras cidades serão anunciadas em breve.Para entrevistas com a banda, booking e outras informações: This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

viper_2012Da esquerda para a direita: Guilherme Martin (bateria), Pit Passarell (baixo e vocais), Andre Matos (vocal),
Hugo Mariutti (guitarra) e Felipe Machado (guitarra). Foto: Nando Machado

Barbieri Comenta: Considerando-se que dei a primeira ajuda, convidando a banda para tocar no Projeto SP Metal que realizava no Teatro Lira Paulistana em São Paulo em 1985, Só posso considerar esta volta da banda como um presente de aniversário comemorativo dos meus 60 anos. Realmente é emocionante imaginar que estes músicos hoje lendários estarão jutos num palco novamente! Parabéns Viper!

wikimetal_logo
Clique no logo acima para visitar o site do WikiMetal e saber mais sobre o metal brasileiro.



Detalhe do encarte do album Evolution

Viper na TV em 1985
 
Discografia

   
1987
1989
1992

Soldiers of Sunrise
LP
Theatre of Fate
LP/CD
Evolution
LP/CD
     
1993
1993
1995



Maniacs in Japan
LP/CD
Vipera Sapiens
Mini CD
Coma Rage
CD
     
1997
Coletánea 1999
2007



Tem Para Todo Mundo
CD
Everybody Everybody
CD 
All My Life
CD/DVD 

Mais vídeos!

viper_old_logo

Comments (0)

There are no comments posted here yet

Leave your comments

Posting comment as a guest.
Attachments (0 / 3)
Share Your Location
Type the text presented in the image below

Comentários

Anderson Freitas posted a comment in Monterey Pop Festival (1967): Contado por quem esteve lá!
Saudações! Eu sempre acesso esse site para ler essa história. Fique muito triste agora. O senhor Stan Delk faleceu em 2016.<br />https://www.findagrave.com/memorial/171638689<br /><br />Descanse em Paz!<br /><br />Barbieri Comenta: Ele foi muito gentil comigo, disponibilizou o seu texto e acreditou nas minhas boas intenções! Quanto a matéria ficou pronta ele ficou muito satisfeito! R. I. P.
Neuza Maria posted a comment in Tony Osanah: Um argentino bem brasileiro
Muito interessante essa matéria sobre o Tony Osanah. Sou amiga pessoal dele há mais de 30 anos e hoje relembrei muitas coisas sobre ele, que já havia me esquecido. Grande talento! Ele está em visita no Brasil, esteve em Peruíbe até o dia 24 de janeiro e deverá retornar para a Alemanha no dia 07 de fevereiro. Pena que não programou nenhuma apresentação por aqui.
Daniel Faria posted a comment in JAJI: Homenagem postuma!
Tive o grande prazer de trabalhar com Jaji na decada de 1990. As festas no apartamento dele eram legendárias. Só fiquei sabendo da morte dele em 2017 e fiquei bem triste. Ele faz falta e será sempre honrado pelo público Metal de São Paulo.
Olá Barbieri! Que legal esse artigo, é sempre maravilhoso poder "beber" de fonte sábia. Neste sábado, 13/01/2018, teremos a chance de conferir o ensaio aberto da Volkana no Espaço Som, em São Paulo. A boa notícia é que, a exemplo do Vodu, que voltou à ativa em 2015, as meninas também decidiram se reunir, esperamos ansiosos que depois desse ensaio aberto role outros shows por ai. Um grande abraço!
Já sofremos muito também tentando fazer festivais. Mas resolvemos nos dedicar ao rock nacional de outras formas. Lançamos nosso primeiro disco https://base.mus.br que é para mostrar nosso amor pelo rock brasileiro.
André Luiz Daemon posted a comment in Luiz Lennon (Beatles Cavern Club)
Olá, boa noite! Alguém poderia me dizer o nome da música de abertura do programa Cavern Club que foi ao ar após o falecimento do saudoso e inesquecível Big Boy.<br />Logo após o seu falecimento, outro locutor entrou em seu lugar, e a abertura do programa era com o ex-Beatle Ringo Starr cantando.<br />Se alguém souber, por favor, me mande por e-mail, procuro essa música há muitos anos e signiifca muito para mim.<br />Valeu, abraços aos Beatlemaníacos que nem eu!!
José Carlos posted a comment in Tony Osanah: Um argentino bem brasileiro
Confirma pra mim, eu ouvi falar que o vocal da música Graffitti do Paris Group e de Tony Osanah, e que na realidade a banda nunca existiu. Foi um jingle produzido exclusivamente para a propaganda da calça Lewis e devido ao sucesso na televisão foi forjada uma banda para gravar um compacto e faturar uma grana em cima. É verdade?<br /><br />Oi José Carlos, sinto muito mas não tenho como confirmar esta história, entretanto, sei que nos anos 60 e 70 várias bandas brasilerias gravaram faixas em inglês usando nomes fictícios. Quer dizer, não será surpresa se for verdade!
Em se tratando de ROCK, é sem dúvida A Melhor Banda de ROCK até hoje.Acho o som deles o máximo. Conheci a pouco tempo (2010) e ouço desde então... Muito feras
jeronimo posted a comment in Delpht - Far Beyond (CDR Demo - 1997)
você podia disponibilizar essa demo para download pois ela não se encontra a venda
Parabéns Barbieri!!! ficou perfeito, muito original e harmônico, com o peso certo. Muito gostoso ouvir seu som.
CK posted a comment in Carioca & Devas
Ei! Obrigado por este artigo, ótima história e histórias.<br /><br />Hey! Thank you for this article, great history and stories. <br /><br />Thanks again!<br /><br />CK
Eu tinha 14 para15 anos em 1966 quando estava com outros amigos mais velhos e todos cabeludos na Av.Sao Luiz quando começaram a jogar pedras e saímos correndo pela. 7 de abril descemos a 24 de maio queriam nos matar uma multidão eu entrei no Mappin até chegar a polícia para nós tirar de lá.
De acordo com um set list desse show que achei na minha coleção, as músicas tocadas foram Maria Angélica, Perfume, British, Variações, Dissipações, Súplicas, Boca e Vade Retro.
Muito legal ver isso. Estive em muitos shows aqui relatados. O festival com o Dorsal, Vulcano em Santos, teve uma cena memorável quando o vocalista do Crânio Metálico, da Bahia, entendeu que as pessoas gritavam "côco metálico" para a banda e nao o nome coorreto. Ele se indignou com a falta de respeito e chamou as pessoas as briga. Muitos se solidarizaram com o vocalista da banda e o aplaudiram, repugnando o preconceito. Me lembro ainda que nesse show jogaram confete na apresentação do Vulcano e depois a serragem. Era tempo de ascenção do Death Metal e que muitos ridicularizavam o Black Metal... Cena triste também... Mas foi uma noite ótima. Vulcano mandou bem e Dorsal fez um show primoroso.
Charles Campos posted a comment in Soul of Honor
https://www.youtube.com/watch?v=Sn2ckIF0Gbk
Charles Campos posted a comment in Soul of Honor
Boas recordações de minha adolescência!!!<br />Assisti a uma apresentação do <br />Bodas de Sangue no Espaço Retrô (Senão estiver enganado)<br /><br />Foi uma baita apresentação!!!
CASSIO VIEIRA posted a comment in Carioca & Devas
Pessoal, alguém saberia me dizer se neste 'Ensaio (1977)' é o Tom (acho que o sobrenome dele é De Maia ou algo assim) que está tocando bateria? Ele morava no meu bairro, e o pai dele era dono da escola em que eu estudava, Colégio 7 de Setembro.
"Suspeitei desde o principio..." (Chapolin Colorado)<br /><br />Muito legal o texto, vivo fazendo coisas no automatico e com o maior temor de ter um colapso mental, e tenho tambem aprendido coisas novas sempre, autodidata por natureza. Agora estou mais tranquilo e posso tranquilizar outras pessoas a minha volta, a solucao e a causa do problema sao simples, (talvez eu tenha que me render aos passinhos de dança do ventre de vez em quando...).<br />Parabens pelo texto
Articles View Hits
2507969

We have 138 guests and no members online